sexta-feira, 23 de maio de 2008

O P E R A D O R A S

Foto: © Daniel De Granville, 2005


Não há dados oficiais disponíveis sobre operadoras turísticas que ofereçam regularmente roteiros de turismo científico ou que tenham programas de comercialização voltados para o segmento. Existem empresas com mais tempo de mercado e melhor preparadas para realizar este tipo de operação, e que geralmente o fazem sob demanda.

A seguir são listadas algumas operadoras que se destacam no contexto atual, em especial pela dedicação a atividades de estudos do meio com relevante enfoque científico.




Ambiental Expedições (SP)
Pioneira em operações de ecoturismo no Brasil, está no mercado desde 1987, comercializando programas tradicionais de turismo de natureza, atividades de estudos do meio e - mais recentemente - turismo científico.




Terra Nativa Ecoturismo (SP)
Fundada em 1997, tem roteiros com ênfase em estudos do meio e programas customizados para públicos com interesses específicos.




Chão Nosso Viagens Culturais (SP)
Especializada em viagens de estudos, oferece também roteiros regulares de ecoturismo (nacionais e internacionais) e viagens de incentivo.




Quíron Turismo Educacional (SP)
Também especializada em estudos do meio e viagens educacionais, com roteiros que englobam áreas naturais e também programas urbanos.


Segundo o biólogo Dino Xavier Zammataro, que especializou-se na operação de programas com cunho científico, ainda não existe uma demanda de mercado explícita para esta modalidade turística. “É um segmento onde os fornecedores e clientes ainda estão se conhecendo. Acredito que o público ‘acadêmico’ ainda não sabe que pode dispor de algumas operadoras para realizar o planejamento e logística de suas viagens de campo. Em relação ao estudo do meio, aconteceu um boom na oferta do serviço de operação. Há muita concorrência no mercado, muitas agências e operadoras especializadas no segmento passaram a funcionar, mas esta ampliação na oferta não foi acompanhada por uma melhor organização do setor e aumento da qualidade das operações”.



Perguntas? Comentários? Se você observou alguma informação incompleta/incorreta, ou ainda souber de outras operadoras que ofereçam programas de turismo científico e não tenham sido contempladas na lista acima, por favor envie um recado!

.
.
.

Um comentário:

Millazinha disse...

Manaus, 15 de julho de 2010.
Olá Daniel,
me chamo Kamilla e sou da cidade de Manaus-AM que por acaso fica em um dos lugares do Brasil onde mais se ver o Turismo Científico. Bom na verdade tenho uma pergunta a lhe fazer, se puder me ajudar será de grande utilidade e valia. Eu sou estudante de Turismo, estou no 1º período, e minha professora de filosofia aplicada ao turismo, nos passou um seminário sobre a influência dos grandes ciêntistas e filosofos da historia sobre o turismo científico. Gostaria de saber sua opinião sobre o assunto, especialmente falando sobre Isaac Newton.
Desde já agradeço.
Um abraço.
Kamilla Alencar.